segunda-feira, 7 de Novembro de 2011

Mamoplastia de aumento, redução e reconstrução mamária

A mamoplastia é um tipo de operação plástica bastante comum para alterar o tamanho do peito. Embora as pessoas oiçam falar com mais frequênciada na mamoplastia de aumento, a verdade é que mais de metade das mamoplastias são feitas para diminuir o tamanho da mama. A mamoplastia também pode ser realizada quando as mamas são muito diferentes em tamanho ou para reconstrução mamária (em caso de doença, trauma, etc).

Candidatas a este tipo de cirurgia

Neste ponto vale a pena destacar os elementos que fazem uma boa candidata para a cirurgia de redução de mama: mulheres com seios pendurados (muitas vezes significa mais tecido glandular do que gordura), mulheres magras (tendem a ter mais tecido glandular do que gordura), mulheres que têm mamas excessivamente grandes, mulheres que têm tecido mamário excessivamente denso ou que estão prestes a passar pela menopausa.

Riscos e Complicações da mamoplastia

Os riscos gerais da mamoplastia incluem: cicatrização desfavorável, hemorragia, infecção, alterações na sensibilidade (temporária ou permanente), dor, riscos de anestesia, acumulação de fluidos, coágulos, trombose venosa profunda, complicações cardíacas e pulmonares (muito raros) e a possibilidade de cirurgia revisional.

No caso de implantes mamários e aumento de mama acrescentam-se ainda riscos de contratura capsular (formação de tecido cicatricial firme ao redor do implante), enrugamento da pele sobre o implante. Embora possam haver complicações potenciais com implantes mamários (proteses de silicone), estes não prejudicam a saúde da mama.

Não é garantido que os implantes mamários durem uma vida e uma segunda cirurgia pode ser necessária para substituir um ou ambos os implantes. A gravidez, perda de peso e a menopausa podem influenciar a aparência de seios aumentados ao longo da vida.

No caso particular da redução mamária, além dos riscos gerais da mamoplastia devemos sublinhar: possibilidade de contorno irregular da mama, descoloração da pele, alterações da pigmentação permanente, danos às estruturas mais profundas - como nervos, vasos sanguíneos, músculos -, assimetria, excesso de firmeza da mama, potencial incapacidade para amamentar, potencial perda de pele / tecido da mama, potencial perda parcial ou total do mamilo e aréola e necrose de gordura.

O procedimento de redução de mama pode ser realizado em qualquer idade, mas idealmente deve esperaraté os seus seios estarem totalmente desenvolvidos. As mudanças dos seios durante a gravidez podem alterar os resultados da cirurgia de redução de mama anteriores.

Por fim, no caso da reconstrução mamária, os riscos são semelhantes aos gerais referidos acima para a mamoplastia. Contudo, deve ainda enfatizar-se que esta cirurgia traz o risco de perda total ou parcial de sensibilidade no local dador e da reconstrução.O uso de implantes neste procedimento traz o risco de contratura capsular e ruptura do implante.

Pré-Operatório

Antes das cirurgias: mamoplastia de aumento, reconstrução ou redução mamária, serão pedidos à paciente: testes de laboratório e avaliação médica, ajuste d emedicação actual, mamografia de base antes da cirurgia e outra após a cirurgia para ajudar a detectar eventuais alterações no tecido mamário, parar de fumar antes da cirurgia e evitar tomar aspirina, anti-inflamatórios e suplementos de ervas que podem aumentar o sangramento.

Pós-Operatório
No caso da Mamoplastia de Aumento, embora sejam muitos os factores envolvidos na determinação do tempo de recuperação real, a paciente irá passar provavelmente por um período de recuperação pós-cirúrgica de 24 a 48 horas e um período de actividade reduzida adicional de alguns dias, sentindo dor e inchaço por algumas semanas. A actividade física e normal pode ser retomada sob indicação do cirurgião plástico. Com o tempo, o inchaço pós-cirúrgico vai diminuir e as linhas de incisão irão desaparecer.

Nos casos de Reconstrução e Redução Mamária, depois da cirurgia gaze ou ligaduras serão colocadas à volta das incisões. Uma ligadura ou sutiã elástico diminuirão o inchaço e apoiarão a mama reconstruída. Um tubo pequeno e fino pode ser colocado temporariamente sob a pele para drenar todo o excesso de sangue ou fluido.

O processo de cura continuará por várias semanas à medida que diminui o inchaço ea forma e posição da mama melhoram. Com o tempo, a sensação na mama pode regressar e as linhas da cicatriz vão melhorar embora nunca desapareçam completamente.

Deverá ser feita uma monitorização cuidadosa da saúde da mama através do auto-exame da mama, e outras técnicas de diagnóstico são essenciais para a sua saúde a longo prazo. Quando for para casa depois de uma mamoplastia (seja ela qual for),se sentir falta de ar, dores no peito ou batimentos cardíacos fora do comum, procure atendimento médico imediatamente.

Seguir as instruções do médico é fundamental para o sucesso da cirurgia. É importante que as incisões cirúrgicas não sejam submetidas a forças excessivas, abrasão, ou movimentos durante o tempo de cura.

Preço das cirurgias mamárias

Mamoplastia de redução: entre 3000 e 6000 euros.
Mamoplastia de Aumento:entre 3000 e 6000 euros.
Reconstrução Mamária: sem dados disponíveis.

Clínicas localizadas em Portugal Onde Fazer qualquer um destes tipos de cirurgias
(Lisboa) Clinica M6: http://www.clinica-m6.com/
(Lisboa) iCare:http://www.icare.pt
( Lisboa) MyMoment: www.mymoment.pt/
(Lisboa) Clinica Atalanta: http://www.atlanta.com.pt
(Porto) Centro de Cirurgia Plástica Jaime Rocha: http://www.cirurgiaplastica.com.pt/
(Lisboa, Porto, Faro, Coimbra, Açores e Madeira) Clínica Dr. Tallon: http://www.clinicadrtallon.com
(Aveiro, Braga, Coimbra, Lisboa, Porto) Corporacion Dermoestetica: http://www.corporaciondermoestetica.com/pt

2 comentários:

  1. Boa tarde
    Fiz a minha 1ª mamoplastia de redução em 2004. As mamas continuaram grandes e com uma sobreposição de pele entre as duas horrível. Continuei a ter sensibilidade mamária o que para uma mulher isso é fantástco - foi na Póvoa do Varzim.
    Como já tinha essas cicatrizes "horríveis" decidi fazer a 2ª para diminuir mais um bocadinho e aí fui para o Hospital da Arrabida que o próprio médico me disse que continuavam tão grandes que parecia que não tinha feito nenhuma. Aconselhou-me a fazer novamente pois para além disso garantiu-me que as cicatrizes iriam melhorar substancialmente. Fiquei sem sensibilidade mamária e a pele sbreposta no meio continuava. para além disso ganhei umas cicatrizes piores pois estas eram quelóides. pedi ao médico para me operar novamente para me retirar as cicatrizes quelóides e fiz a minha 3ª cirurguia. Não resolveu. Já lá iam 3 cirurgias.
    De seguida falaram num tratamento a laser "crioterapia" e decidi ir ao que me dizim ser o melhor hospital - O da CUF - no Porto. cada tratamento custava 300€. Fiz três...
    nada resolveu.
    Acabei de fazer a 4ª cirurgia em janeiro e desta vez fui para o Hospital da Prelada. parece que as cicatrizes estão melhores mas para melhorarem estou a gastar muito dinheiro em farmácia... e a sensibilidade mamária (tão importante para uma mulher) foi-se. Só aconselho o seguinte. Antes de se submeterem a uma cirurgia destas, investiguem bem qual o melhor hospital pois eu o que gastei nas quatro tinha dinheiro para uma bom hospital no estrangeiro. Deixei de ter interesse sexual e não suporte que o meu marido me toque.
    Espero que ajude algumas mulheres e boa sorte

    ResponderEliminar
  2. Eu também quero fazer algo similar...mas há tantos receios,,, a dor, perder a sensibilidade esen correr bem

    ResponderEliminar

DEIXE O SEU TESTEMUNHO, E AJUDE OUTRAS MULHERES.

1 - Aconselha esta cirurgia a outras pessoas?
2 - Os resultados foram os esperados?
3 - Preços - Quanto gastou na sua totalidade?
4 - A cirurgia mudou a sua vida?
5 - Que cuidados teve e exames realizou antes da cirurgia?
6 - Como correu a cirurgia?
7 - Como foi o pós operatório?
8 - Qual o nome da clinica, hospital e cirurgião plastico que realizou a cirurgia?

TODOS querem saber além da recuperação e do resultado, o VALOR e ONDE realizou a cirurgia. Por favor NÃO esqueçam de informar o VALOR e o nome da CLINICA.

Conte a sua história e ajude milhares de pessoas com as suas informações. Podemos não conseguir mudar o mundo, mas podemos fazer a nossa parte. Ajude o próximo!